domingo, 18 de novembro de 2007

Chuva, trabalho, tarefas... no quentinho do doce lar!

Olá pessoal, tudo bem?
Desta vez, não me vou alongar muito.
Ao que tudo indica, parece que a seca vai acabar.
Vamos inaugurar a época de conferências na Escolaugusta: o nosso amigo e compositor Marcos António vai visitar-nos, se calhar, acompanhado de uma jornalista portuguesa muito muito brava :-) Também a professora Lígia Borges, do IC, que nos irá falar sobre o N_ _ _ l em Portugal.
Podem ver as belas fotografias da nossa viagem a Marvão e Castelo de Vide no fotoespaço do Dani.
Continua a dar frutos a terra da poesia e do fado da Escolaugusta. Fértil pomar literário :-)
Lembrem que vamos participar em actividades comunicativas em Portugal: na Sociedade Civil, em jornais, na 7ª Arte. É assim: vamos escolher na Sociedade Civil um tema que nos interesse (procurem no Arquivo: em Outubro há um programa sobre a União Ibérica, por exemplo), e vamos ler a apresentação do programa (que podem ver em "Vídeo RTP on-demand) e todos os comentários; a seguir, vamos escrever um texto curto que vamos expor nas aulas, sim? E para aí um dia destes vamos começar a mandar comentários para alguns dos nossos sites portugueses favoritos ;-)
Já se vêem sinais da quadra natalícia por todo o lado. Anda tudo em corridas às compras. É preciso poupar. A encosta que se segue é íngreme. É o que tenho ouvido ao longo destes anos todos, e vocês?
De pequenino é que se torce o pepino, as crianças falam muito. Burro velho não aprende línguas ;-) Se calhar, dedica-se a outro tipo de actividades :-) Na faixa etária entre a infância e a velhice é que se labuta. Lazer? Beijos? Ainda bem que os trabalhos de língua portuguesa não nos dão água pela barba e as tarefas comunicativas fazem-se com uma perna às costas (expressões idiomáticas). No que diz respeito às tarefas domésticas, chamemos pelas fadas do lar (Vejam "Veja também").
Quem quiser desanuviar a flutuar, pode ver o vídeo da Susana Félix (click em "Tv Vagalume" e "Assistam em tamanho maior"). Calma, vão aguentar, vejam "Resisitirei", a nova novela da SIC (vídeos, entre eles, a antestreia online, episódios; leiam a sinopse, participem no blogue oficial...), enquanto petiscam e bebericam qualquer coisita, sentaditos no sofá, com o aquecimento ligado (e o caderno de apontamentos por perto :-(
Deixem aqui em baixo os vossos comentários e leiam os que se vão publicando. É uma boa maneira de interagir e aprender. Olha, e para quando a Operação Triunfo? E o Festival de documentários e curtas-metragens? :-)
Um abraço para os Emeritensesempt e para os Cotovelianos.
E outro abraço, este de boas-vindas, para a professora Susana e para os alunos de espanhol da Universidade de Évora. Vamos participar numa iniciativa pedagógica interessante e divertida, numa espécie de e-twinning (trocar e-mails educativo-culturais). É assim: até ao final da próxima semana, quem quiser participar vai dar-me o seu endereço electrónico. Eu vou mandá-los para Évora e a professora Susana mandar-me-á os endereços de alunos portugueses que queiram entrar nesta aventura. Os estudantes alentejanos irão escrever em espanhol e os espanhóis em português. Tudo virado do avesso ou uma pequenita união ibérica? :-).
Para finalizar, eis o vídeo DA, Da, da viagem ;-) Podem vê-lo aí no topo, e aqui também.
Até breve.

47 comentários:

Pepe disse...

Bõa tarde!
Às vezes esquecemos viver o presente. Às vezes desprezamos os momentos do agora. Às vezes o espírito afasta-se da realidade. E é às vezes que encontramos nas recordações o verdadeiro sentido do nosso hoje.
Um pequeno poema para ela, para vocês:

E já não poder escrever
belos poemas de amor
sobre o teu corpo
com os meus lábios.

E já não poder afagar
os teus vermelhos sorrisos
nem os teus olhares amarelos
com a minha boca.

E já não poder roçar
as tuas palavras azuis
nem a tua doce respiracão
com as minhas mãos.

Ou sim.

Alimento cada dia
com as tuas lembranças,e escrevo-te;
delineio cada hora
com a tua imagem, e afago-te;
vivo cada instante
contigo, e sinto-te.

Mas, tu, onde dormes
que a minha voz fere
a noite
e nem sequer te comove?

Pepe disse...

Nestas tardes outonais, cinzentas, quando as ruas estão às moscas e temos, apenas, vontade de fugir até espaços quentes, o fado é um bom camarada, não é?
Cá na minha pequena aldeia pensei no desafio dos cotovelianos. Não sei se o resultado é bom, mas está feito com ilusão:

Dizes que é triste o fado
porque triste é o amor,
mas se nunca foste amado,
como é que conheces a dor.

O fado nasce do coração,
do coração dos namorados,
dos namorados em solidão,
da solidão dos próprios fados.

Amor, queremos a tua existência.
Paixão, entre nós fica sempre.
Não me castigues com a tua ausência,
nem quando já dela não me lembre.

Chegou o fado da irmã Portugal,
conquistou nossa querida Espanha,
atravessou fronteiras e o mar,
abraçou até a fria Alemanha.

O Ibérico do norte disse...

Boa tarde colegas!
Há muito tempo que não escrevo em o blogue, mas agora tenho tempo e quero dizer que o Pepe é um poeta, gosto destes poemas, obrigado, estamos a espera de outros.
A viagem a Marvão muito giro, estou a ver que para no próximo viagem necessitamos dois autocarros, pois isso.
Até a próxima.

JUANAN disse...

Boa tarde a todo el pessoal! Estou certo de que passaram um boito dia os que foram a Marvão e Castelo de Vide. E impresionnante a vista desde as muralhas do castelo de Marvão, não é? E uma pequena vila cheia de encanto.
Gostaram de Castelo de Vide? É também muito interessante o centro da vila. Eu estuve a pasar um fim-de-semana "da paixão" com a minha mulher há por volta de quatro anos e gostei muitíssimo, especialmente de Marvão.
Este fim-de-semana estuve a ler todos os comentários que me faltavam e encontrei alguns muito giros. Gostei da detalhada descriçao de José María sobre su viagem a Lisboa. Não tomaste o pequeno-almoço no Chiado ao lado de Pessoa, pois não?
Axo que a Jéssica fizo uma boa sugestão e a Anita escreveu um bom fado; parabéns a vocês!
Hoje descobrí que o Pepe e um poeta digno de colhocar a sua cadeira perto de Pessoa (no Chiado, mas também poderia ser um bom compositor de fados, pois tem jeito para elo. Por certo, ontem cantou Dulce Pontes em Cáceres. Sinto muito no haber-lhes avisado antes delo.
Saudos e até breve

José Ignacio disse...

Parabéns pelo vídeo. Está muito bem feitinho!

José Ignacio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
analvarez disse...

Hola Pepe!!!
Gostei imenso do teu poema, é belíssimo, não conhecía a tua faceta de poeta.
É verdade que nestos dias outonais a inspiração e o sentimento está a flor da pele.
Abraços e até hoje á tarde.

juanlusz disse...

Olá. Muito em breve vou responder a todos os comentários. Agora vou sair. Há muito tempo que estou trancado em casa. Preciso de desentorpecer as pernas, apanhar ar, desanuviar...
Até.

sergio disse...

olá! boa tarde. miuto divertida a excursao. gosto muyito do castelo y de touda a jornada. também das pesoas. disculpe meu português, sou de primeiro jaja. besinhos.

Marcos António disse...

Caros amigos,

Sou o tal compositor de quem vos falou o Juan Luís e já tenho, quase pronta, a música do Fado Alemão que os colegas cotovelianos escreveram.

Nos próximos dias poderão ouvir e cantar no karaoke uma composição que, embora amadora, não deixará ninguém indiferente.

Um abraço.

Marcos António

José María disse...

Olá! boa tarde!
já sei que o viagem no pasado fim-de-semana a Portugal foi detrás da orelha!
O Juan Luis, um bom título para o meu "fado" je je.. só quero dizer uma coisa: não é autobiográfico,:-)
Até.. segunda-feira, eu acho que na quarta-feira vou trabalhar em Madrid.
Saludos, até breve.

juanlusz disse...

Olá a todos, e parabéns especiais:
à "anónima" Coral, pela "esplêndida companhia";
ao "falador" Dani, pelo sucesso fotográfico;
à Chary, pela sociabilidade e urbanidade;
à "trabalhadora" Nati, pelo seu sorriso;
à inspirada Mariló, pelos fados "luso-marroquinos";
ao "arrumador" J.Ig, pela sua dedicação;
à Mamen, para que não perca a próxima viagem;
ao Pepe, que pensa no passado e no presente;
ao Ibérico do Norte, que anda já a pensar na próxima viagem;
ao Juanan, pelo resumo dos comentários e pelo seu interesse "arquitectónico";
à "florida" Análvarez, pelo sentimento;
ao "elementar" Sérgio, para que siga esta viagem com força, e
ao "autobiográfico" José Maria, para que nos conte se viu a "Vénus do espelho" em Madrid.
Já não era sem tempo!

juanlusz disse...

Olá Marcos António,
olha, o que é isso de teres quase pronta a música "alemã"? E os fados augustos? Afinal, vais musicá-los também? :-)
Obrigado e até breve.

boralá disse...

Olá!

Por cábula, vou adoptar lá no burgo a ideia do vosso blogue e colocar um link para a poesia e fados que formos produzindo... Parece-me uma ideia genial...

Já pensaram em algum tipo de divulgação para o nosso trabalho poético?

juanlusz disse...

Olá Boralá, tudo bem? Muito em breve vão poder trautear o vosso fado alemão, e nós aqui às moscas :-(
Qual cábula, qual carapuça? Isto, na gíria europeia, é conhecido como intercâmbio de boas práticas :-)
Desculpa, vou enfiar
a carapuça ;-) Está muito frio. Até breve, abraço.

mayte disse...

Fado a Portugal
Quero cantar ao teu mar
à teu oceano infinito
a eses aguas azules como os céus
a eses céus vermelhos como soles.
Portugal limite das minhas terras
linda faixa que cobre o meu leito.
Desde Espanha venho cantar-te.
con tus sones e meus versos.
Mayte Tomillo
1ºA

Carmen Jaramillo disse...

Olá turma! No sabado passado fui un dia muito giro. Fazia muito frio mas a viagem merecia a pena.
Vimos coisas bonitas como a castelo de Marvao, o museu, as vistas desde as murallas, as três ruas da vila e uma coisa que chamo a minha atençao, "os bordados como castanhas".
En Castelo tuvimos um guia muito giro "Carolino" e aprendemos un bocadinho da história da cidade,dos judeos, dos Cristianos, dos conversos, vimos a sinagoga,a Câmara Municipal, as casas antigas, a fonte da vila onde convertian aos judeos, a Igreja da Alegria e muitas coisas mais.
Como recordo da viagem comprei castanhas de Marvao e algums bolos de Castelo.
Na prócima viagem têm que venir todos. Até logo.

boralá disse...

olhem, o concurso de poesia mais marado do universo abriu no nosso burgo: os temas a concurso???? é ir e ver... e rir a bandeiras despregadas :-P

ainda não decidimos o prémio, mas pode ser que haja mesmo algum...

Pepe disse...

Boa noite and nothing more!
Não se afastará de mim, não,
nunca mais!
A noite está com luto, mas
uma luz guia os meus passos,
e nada mais.
Não preciso da Polar, o seu olhar
ilumina o meu destino e não o perco,
já nunca mais.
Permanecerá pela eternidade ás portas, e já não quero, não,
nada mais.

Obrigado, Juanlusz, for The Raven.

juanlusz disse...

Olá Mayte, vou plantar o teu poema no nosso pomar.
Olá Carmen, as tuas palavras aqui estarão, quando a saudade da viagem chegar.
Até breve.

juanlusz disse...

Olá Boralá, obrigado por mudares de assunto e deixares mais um desafio, desta vez gastronómico, no vosso burgo. Caldo verde e bacalhau calham que nem ginjas. Nestes dias cinzentos, isso faz bem à saúde. O pessoal aqui, com tanta pena e tanta discussão amorosa, andava um bocado em baixo :-)
É o que eu digo: casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão ;-)
Pessoal, já ouviram? Bora lá cozinhar poemas novos!

juanlusz disse...

Olá Pepe, estou a ver que ontem à noite encontraste "Once upon a midnight dreary, while I pondered weak and weary".
Os títulos que escolhi para dois dos vossos poemas ("O Corvo" e "O Coração Revelador") são traduções dos títulos de um poema e de um "tale" do nosso amigo de Boston, of course ;-)
Queres que "mexa" no teu poema e acrescente o que escreveste aí em cima ou Nevermore?

boralá disse...

Olá!

Foi mesmo essa a ideia: mudar de tema para sairem poemas mais divertidos... e como não é fácil fazer poemas ao bacalhau e ao caldo verde....

Estou a pensar num prémio ao poema vencedor, à minha responsabilidade: o que achas que poderia ser? Um guia de Berlin? Um guia de conversação de alemão?

Entretanto, deixa-me dizer-te que ninguém cozinha e domina expressões idiomáticas como tu, Juan... e ainda por cima fica mesmo divertido!

Beijos

Andrés disse...

Bom dia,
gosto muito das fotos do Dani sobre a viagem a Marvão e Castelo da Vide. Eu estive hà dois anos e gostei muito de Marvão.
Juan Luia, não posso abrir as histórias do "Junior PT" e vou fazer duas histórias do dia como TCP, é possivel?Ciao

juanlusz disse...

Olá Boralá, acho óptima (ou será ótima já?) a ideia do prémio, mas espero bem que estejas a
referir-te a guia de carne e osso (e cabelo louro e olhos azuis) e não a uma brochura de papel ;-)
Abraço.

juanlusz disse...

Olá Andrés, é preciso paciência, já disse, com as histórias do Júnior Pt (é voltar à infância, e essa viagem demora muito ;-), mas pronto, se não consegues abrir, tpc sobre duas histórias do dia também pode ser.
As fotos do Dani? Um sucesso redondo, vai de boca em boca.
Ciao.

Pilar F. disse...

A Espanha e Portugal,
Dois paises, casi, a mesma realidade.
Culturas muito próximas,
Histórias paralelas,
TradiÇoes similares,
E NaturaleÇa compartida
Aunque as línguas seam distintas.

Em Portugal há falsos amigos,
Mas só no vocabulário,
Também tem música rica e variada
Que todos nós cantamos.

Comparte com a Espanha importantes rios
Que recebem diferente nome
A um lado o otro da fronteira
Com uma hora da diferencia.

Pode ser hoje o manha
o dia para visitar Portugal
Há muitas cosas...
Que nao podem esperar!

boralá disse...

eh pá, Juan, eu estava mesmo a pensar num guia de papel... LOL

mas de qualquer forma já decidi: prémio, sim, vai haver... talvez relacionado com o português, para ser mais coerente com o nosso trabalho conjunto...

esqueci-me de dizer que os poemas sobre bacalhau e caldo verde devem ser postados no nosso blogue e depois os cotovelianos reunir-se-ão para deliberar...

podem ir de dísticos até epopeias :)

o prazo para submissão dos gastronómicos poemas será até: 30 de NOVEMBRO.

juanlusz disse...

Olá Pilar F. obrigado por plantares na nossa horta mais um fado ibérico.
Agora, porém, toca a mudar de assunto, não é, professora Boralá?
Paticipem no novo concurso e mandem para falarpeloscotovelos.blogspot.com (blogue geminado com o nosso ;-) poemas culinários sobre o caldo verde e o bacalhau, o fiel amigo.
Até.

Raquel disse...

Olá colegas! Já vi e ouvi os comentários e o video sobre a sua viagem. Tenho a seguridade que á próxima será muito gira também.
O que a Ana C. diz no video sobre a sopa verde, eu ainda nao acredito (nao sei onde é que está o acento neste computador) como é que sabe faze-la até que nao os convide para probá-la.Concordam?
Acho que sim.Faço a proposta para que na festa do natal leve un bocadinho de sopa verde para todos.
Beijinhos

juanlusz disse...

Olá Raquel, eu também tenho a certeza de que a próxima viagem vai ser gira, e concordo contigo: não acredito no que a Anita diz no vídeo. Vamos desafiá-la e encorajá-la para que prepare um bom caldo verde que possamos provar no festival gastronómico da escola.
E já agora, lembrem que há um concurso culinário em Cotovelândia.
Até.

Luisinha disse...

Óla J.L.! muito obrigada pelo pequeno almoço, pelas tuas informaçöes e sobre tudo pela companhia. Já vou apanhando jeito ao computador. Näo esqueças que os dias estäo muito lindos, näo fiques trancado em casa. É preciso desentorpecer as pernas.
Ó, jL. gostaria de participar nas trocas de e-mails ainda é possível? o meu endereço: luimarflo@hotmail.com
Óla Pepe! gostei imenso do teu fado. Mas sobre tudo gostei do poema, fiquei muito comovida por ele. Já li o teu comentario da minha fotografía, obrigada. Áte que näo falei com o J.L. näo fazia ideia da tua identidade. Ha muito tempo que nos conhecemos. Eu vou confessar-te uma coisa, para mim desde os tempos da escola tu és a "voz". Tenho lembranças da tua voz grave falando por tras de mim. Gostava muito dela.
Eu deixei uma messagem para o Dani no blog dos emeritenses.Beijinhos

juanlusz disse...

Olá Luisinha, obrigado nós. Ainda estou a trabalhar no projecto etwinning, à espera de respostas lusas. Piano, piano se vai lontano! Devagar, devagar se vai longe! Quando estiver tudo a postos, poderão participar todos os alunos de português, da mesma forma que podem participar todos na Escolaugusta e no Emeritensesempt.
Eu concordo contigo em tudo o que escreveste sobre a "Voz", sobretudo, gosto da vossa afinidade num pequenito e grande pormenor literário, que vocês os dois, se calhar, não repararam, há dois ou três anos, mas eu, sim, dei por isso.
Dani, a Luisinha e a Coral gostavam de entrar em contacto "fotográfico" contigo.
Olá escolaugustos, como vão esses trabalhos de português tão fáceis, com data limite na próxima semana? :-) Força, pessoal!

Amparo disse...

Olá!!
Caros colegas, como falamos em nossa visita ao Marvao, há um jantar próxima Quinta - feira, 13 dezembro para todos os alunos de português da escola oficial. Dependendo de quantos somos, vamos procurar um lugar para todos (Cachicho, etc.) Por favor, deixe a sua mensagem ou dizam a Juan Luis para juntar - se a nós. Obrigado!

boralá disse...

Olá Augustus!!!!

Só para lembrar que o prazo para postar o poema gastronómico termina amanhã...

Os Cotovelianos estão muito contentes com a vossa adesão e esperam receber ainda mais contribuições, para a decisão ser (ainda) mais difícil!!!

Força aí com o E-Twinning... Com a energia que vai por esses lados, vai ser um projecto com muita garra... tenho muita pena de não poder participar, mas fica para a próxima...

Beijos berlinenses...

Manuela disse...

Entrei desde o trabalho pois ainda estou sem ligação. Quando tenha conexion novamente, prometo contar o que pasou :-)
Mas neste bocadinho de tempo que tenho preciso dizer que fiquei admirada com o poema de Pepe. Que trabalhoso, alem com rima¡¡¡¡ É asombroso, sem dúvida temos um artista na turma. Parabens a todos os que escriveram¡¡

juanlusz disse...

Olá Amparo, fica combinado: jantar e convívio natalício, Quinta 13 de Dezembro.
Olá Boralá, está bem, fica para a próxima. Continuamos em contacto "blogueiro". Obrigado. Quando souberem quem ganhou o prémio gastronómico, digam, ok?
Olá Manuela, quando tiveres ligação de novo, escreve o que se passou. É mesmo muito engraçado. Além disso, juntar-te-ás, assim, aos que já escreveram alguma coisita e irás receber com certeza os nossos parabéns.
ALUNOS DE 4ºA: PREPAREM PARA PRÓXIMA TERÇA OS EXERCÍCIOS 6, EXP ORAL "CONCORDA OU NÃO", E O 13, EXP ESCRITA "UM ESTILO PESSOAL", DO BLOCO 6 DO CADERNO DE EX. TANTO TAGARELAR, ESQUECI MARCAR :-)

Peter disse...

Enhorabuena a Dani por tus fotografías que darían envidia a cualquier fotógrafo profesional.

Peter (profesor de Alemán de la E.O.I. de Mérida)

boralá disse...

ATENÇÃO: Tendo em conta que os Cotovelianos se encontraraão no próximo dia 4 de Dezembro para deliberar acerca dos resultados, a data limite de deposição dos poemas gastronómicos alarga-se até esse dia.

Abraços fresquinhos :)

Mariló bis disse...

¡Olha J.L.! sou a Mariló, da 1ª turma. É a primeira vez que escrevo e é só para dicer que hoje não posso de ir às aulas porque tenho a minha filha pequena doente.
Até a segunda féira.

juanlusz disse...

Hallo Peter, wie geht's? Danke schön und viel Spass am dieses Wochenende. Für dich, nächtes verlängertes Wochenende ist verboten. Du muss in der Schule arbeiten :-)
Olá Boralá, obrigado por não fecharem a cantina escolar durante o fim-de-semana :-)
Olá Mariló Bis, cuida bem da filhota e as melhoras para ela! Até Segunda.

Amparo disse...

Olá!
Só queria dizer que gosto de ver o filme "Uma vida normal".

Debemos de ler algumas legendas, mas a experiência me faz descobrir a Biblioteca pública. Nos vemos mais tarde!
Amparo G.

boralá disse...

Só para dizer que o MB deixou um post no nosso blogue que pode dar muito pano para mangas... :)

Gostava de saber a opinião dos Augustos sobre... os exercícios de gramática :)

juanlusz disse...

Olá Amparo, o filme de anteontem foi uma experiência "comunicativa" gira, mas eu acho que vão gostar mais do próximo: é moderno, divertido, ibérico...
As legendas são úteis para os estudantes de línguas e as lendas também, e os falsos amigos linguísticos também :-)
E, finalmente, a biblioteca, um espaço ímpar para a aprendizagem de línguas: lá podem ver vídeos e tv, ouvir rádio e música, ler imprensa e literatura, etc.
Bom fim-de-semana. Eu vou a uma casa de fados ouvir música portuguesa.

juanlusz disse...

Olá Boralá e obrigado por mais um desafio "comunicativo". Afinal, como é que se costura essa peça de vestuário? Os alunos mandam lá exercícios com o conjuntivo, ou opiniões sobre a gramática, ou ambas as coisas? E já agora, seria interessante deixarem lá, se conseguirem, a lista de verbos que regem a preposição "a", como por exemplo: telefonar, ligar a alguém. Sim?
Até breve. Um abraço "gramatical" :-)
Olá pessoal, já leram? Bora lá. Participem! Vamos a isso. A gramática é importante. São regras do jogo linguístico ;-)

boralá disse...

podem fazer como quiserem: a ideia original era fazerem comentários mais pessoais, mas tudo o que seja ensinar a aprender também vale! Tudo é útil, nesta forma de olhar a gramática :)

Beijos :)

Anónimo disse...

Por que nao:)